A agressão covarde de Augusto Nunes à Glenn na rádio Jovem Pan

“Nunca aconteceu algo assim na minha carreira, como advogado e jornalista, e estou envolvido em temas muito polêmicos. Nunca fui agredido na minha vida, porque adultos não se comportam assim”

Augusto Nunes é um indigno. Covarde, sem escrúpulos. É do tamanho da reação lamentável que teve hoje na Jovem Pan. Esse canalha usou nossos filhos para atacar o trabalho do meu marido. É tão covarde que não consegue escutar a verdade cara a cara e partiu para agressão física. Se os veículos em que ele trabalha forem sérios, vão demitir esse jornalista sem ética”, disse nesta quinta-feira (7) o deputado David Miranda, marido de Glenn Greenwald.

Diversas outras figuras públicas também prestaram solidariedade a Glenn.

O ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT) chamou Augusto de bandido e verme. A presidente nacional do PT, deputada Gleisi ​Hoffmann (PR), disse que o americano foi “atacado por um jornalista que não faz jornalismo” e que “a violência é a arma dos covardes”.

Parlamentares do PSL, partido de Bolsonaro, manifestaram apoio ao comentarista da Jovem Pan. Filho do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) escreveu em uma rede social que “reagir a canalhices que partem de um criminoso cínico e folgado é questão de honra”.

 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 5 =