Análise sobre a nova pesquisa Ibope (11/09)

Publicado em 12/09/2018

A nova Pesquisa Ibope/Estadão/TV Globo divulgada nesta terça-feira (11/09) mostra o candidato fascista Jair Bolsonaro na liderança após o ex-Presidente Lula ser impedido pela justiça de concorrer a eleição.

Pelo resumo do gráfico abaixo, a pesquisa detectou o impacto após Bolsonaro sofrer um atentado em Juiz de Fora, ele passou de 22% para 26%. Apesar de toda cobertura jornalista do atentado a oscilação de 4% para mais, mostra que o candidato atingiu o teto e não vai muito mais longe devido a enorme rejeição da maioria do eleitorado.

Ciro Gomes (PDT) que seria uns dos possíveis beneficiados da ausência de Lula na disputa perdeu um ponto e apareceu com 11% na nova pesquisa.

A candidata Marina Silva (Rede) com a mesma campanha da eleição passada, ou seja sem nenhuma consistência, despencou três pontos e registrou 9% das intenções de voto, o mesmo percentual do candidato possuidor do maior tempo de TV mais também sem nada acrescentar –  Geraldo Alckmin (PSDB).

Apesar de vir um pouco atrás com 8%, Fernando Haddad dos Partidos dos Trabalhadores (PT), substituto do ex-presidente Lula, está tecnicamente empatado com Ciro/Marina/Alckmin, e desde a primeira sondagem dobrou intenção de voto. Isto significa que a pesquisa começa a detectar transferência de votos do ex-presidente Lula.

Observando o gráfico observa-se uma subida constante. Pela experiência das eleições passadas, o perfil e o grau de fidelização do eleitorado petista, a próxima pesquisa mostrará uma avalanche de votos para Haddad!

Possivelmente estará bem próximo do candidato fascista.

Quem viver verá!

fotos

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!