Avó de Michelle Bolsonaro já foi presa por tráfico de drogas

A avó de Michelle Bolsonaro, Maria Aparecida Firmo Ferreira, já havia sido foi presa por tráfico de drogas, de acordo com informação divulgada nesta sexta-feira (16), na mídia. Jair Bolsonaro decidiu sair em defesa da esposa, e confirmou a veracidade da informação feita pela imprensa, que ainda aponta investigações da polícia em relação a dois tios maternos e sua mãe.

Ainda segundo a Folha, o presidente admitiu que as notícias dadas pela Veja e pelo Metrópoles são reais, mas que não existe ganho jornalístico nenhum nesta situação.

Jair Bolsonaro declarou que Michelle Bolsonaro está arrasa e abatida com as informações pela imprensa, meses após ser descoberto que sua avó vivia na periferia do Distrito Federal. O mesmo jornal também revelou que a senhora, de 78 anos, passou dois dias em uma maca à espera de atendimento médico, no último sábado (10), e teria sido negligenciada pela neta.

A idosa foi admitida no hospital com uma fratura na bacia e passou por uma cirurgia de emergência. O procedimento durou duas horas e ela se recuperou na UTI, conforme boletim médico. A Veja apurou a informação de que a avó de Michelle Bolsonaro teria sido presa aos 55 anos, ao ser flagrada com um subproduto da cocaína. Ela tentou subornar um agente penitenciário e ficou dois anos e dois meses em detenção.

A história envolvendo Maria Aparecida e mãe da esposa de Jair Bolsonaro, chamada Maria das Graças, ainda vai muito além. Há informações de que a senhora foi acusada de falsidade ideológica e a progenitora da primeira-dama foi detida após agredir um senhor que pedradas que devia aluguéis, sendo que ela foi fichada com um nome falso.

Em suma, essa família é toda encrencada, pobre do Brasil!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + 20 =