Bolívia sangra: militares assassinam 5 camponeses em protestos pacíficos

Pelo menos cinco pessoas morreram nesta sexta-feira na Bolívia, durante uma marcha pacífica maciça de plantadores de coca de Cochabamba, que foi severamente reprimida por forças de segurança que respondiam ao governo de fato, informou o site local Bolpress .

Segundo a mídia, os agricultores da província de Chapare, que apoiam o presidente deposto Evo Morales, tentaram atravessar a ponte Huayllani, que liga a cidade de Sacabe a Cochabamba, mas encontraram um cerco policial que os impediram de passar.

Minutos depois, as forças de segurança começaram a reprimir fortemente os manifestantes.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − sete =