Câmara dos EUA limita poder de Trump para uso de força militar contra o Irã

A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos ( EUA ) aprovou na quinta-feira a limitação da capacidade militar  do presidente Donald Trump contra o Irã, no contexto de tensão entre os dois países após o assassinato do general Qasem Soleimani durante um bombardeio ordenado por Washington

A resolução “ordena que o presidente suspenda o uso das Forças Armadas dos EUA para participar de hostilidades no ou contra o Irã”. | Foto: Reuters

A resolução foi tomada pela Câmara dos Deputados para limitar as ações militares do presidente dos EUA contra o Irã; portanto, no caso de iniciar um conflito, ele deve primeiro ser aprovado pelo Congresso se declarar formalmente uma guerra.

Essa medida foi apoiada com 224 votos a favor, 194 contra e 13 abstenções, apresentadas pela deputada democrata Elissa Slotkin, ex-analista da Agência Central de Inteligência (CIA).

De acordo com o texto do projeto, a resolução “obriga o presidente a pedir autorização do Congresso para o uso das Forças Armadas dos EUA para participar de hostilidades contra o Irã ou qualquer setor de seu governo ou exército”.

Por seu lado, a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, disse que esta resolução “tem coragem real” ao definir a posição do Congresso sobre o assunto.

Além disso, ela ressaltou que o principal objetivo da medida é “proteger as vidas e os valores americanos”, pois acredita que “o governo deve reduzir a escalada e evitar mais violência”.

A mídia local informou que, caso Trump tome mais medidas contra o Irã, como iniciar a guerra, esta resolução não o impediria; teria que ser respaldada pelo Senado e assinado pelo presidente para ter maior peso legislativo.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 13 =