Carla Zambelli quer abraçar “alguém com coronavírus” para se infectar

Comentário de deputada bolsonarista envolvida em briga com Moro foi feito em entrevista ao programa Pânico, da Rádio Jovem Pan

Reprodução

A deputada federal de extrema-direita Carla Zambelli (PSL-SP) afirmou nesta segunda-feira (27) em entrevista ao programa Pânico, da Rádio Jovem Pan, que gostaria “abraçar alguém com coronavírus” para se infectar.

“Queria abraçar alguém com coronavírus para pegar logo e tirar isso da minha cabeça”, disse a parlamentar paulista que, após deixar o PSL, está sem partido.

Envolvida numa troca de acusações com o ex-ministro Sergio Moro, no episódio da saída do ex-juiz do governo, ela afirmou que não se infectou com o vírus, apesar de ser próxima ao alto escalão do governo federal. Alguns ministros, como Augusto Heleno e Bento Albuquerque, e o secretário de Comunicação Fábio Wajngarte, contraíram a covid-19.

“Queria ficar 14 dias [isolada], tomar cloroquina”, continuou a parlamentar. Depois, ela disse que não estava brincando e afirmou que ficava ansiosa com a situação.

“Essa expectativa de pegar ou não pegar é muito ruim. Queria voltar à minha vida normal, queria poder ir ao Congresso e brigar com o [Rodrigo] Maia, poder fazer as coisas que eu queria fazer”, completou.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + catorze =