China eleva para 25 o número de mortos por coronavírus

Chineses usam máscara para proteger de contágio em metrô de Pequim.

A Organização Mundial de Saúde classificou o novo e mortal coronavírus de Wuhan “uma emergência na China” na quinta-feira, mas parou de declarar a epidemia como uma preocupação internacional.

O número de casos confirmados aumentou para 830, com 25 mortes, informou a Comissão Nacional de Saúde na sexta-feira de manhã. A primeira morte fora da província de Hubei também foi confirmada. A comissão de saúde de Hebei, uma província do norte da fronteira com Pequim, disse que um homem de 80 anos morreu após retornar de uma estadia de dois meses em Wuhan para ver parentes.

Foram encontrados casos em pelo menos sete outros países, incluindo o Japão.

A família dos coronavírus inclui o resfriado comum e os vírus que causam doenças mais graves, como o surto de SARS que se espalhou da China para mais de uma dúzia de países em 2002-03 e matou cerca de 800 pessoas e a síndrome respiratória do Oriente Médio (MERS), que se pensa ter se originado de camelos.

Três equipes de pesquisa devem começar a trabalhar no desenvolvimento de vacinas em potencial, disse a Coalition for Epidemic Preparedness Innovations. O plano é ter pelo menos uma vacina em potencial em ensaios clínicos até junho.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 3 =