Classe média alta despenca pirâmide abaixo

fotos

Segundo um levantamento do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos do Bradesco, 900 mil pessoas da classe média alta foram lançadas pirâmide abaixo rumo a classe C. Mas a notícia ruim não para por ai, com a redução do emprego, 3 milhões de pessoas perderam o plano de saúde.

Ainda tem mais, com a retirada de Trump do acordo nuclear com o Irã, houve uma subida do barril de petróleo para 70 dólares, esse fator também pressionou para a subida do dólar que hoje está cotado em R$3,62 (14/05), o maior valor em dois anos.

Todo esse conjunto de fatores faz pressionar os preços.  Apesar da recessão econômica, a indústria e comércio não tem como segurar os preços e cedo ou tarde fatalmente haverá remarcação generalizada de preços.

Desde o pãozinho à gasolina haverá majoração de preços e com isso a inflação irá aumentar, o que fará aumentar ainda mais a recessão e o desemprego.

A essa situação se define com Estagflação, ou seja, diminuição das atividades econômicas e aumento dos índices de desemprego, além da inflação.

 

 

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!