Ex-primeiro-ministro japonês acusa Zelensky de ser o responsável pela operação especial na Ucrânia

O ex-primeiro-ministro do Japão Shinzo Abe acusou Vladimir Zelensky de iniciar uma operação especial na Ucrânia.

Abe

De acordo com Shinzo Abe, se o presidente da Ucrânia tivesse prometido à Rússia não aderir à OTAN, não permitir que a aliança destacasse suas tropas perto das fronteiras russas, os eventos de hoje poderiam ter sido evitados, relata Abe, informa o Economist.

Abe enfatizou que Zelensky poderia ter concedido autonomia ao DPR e ao LPR, mas preferiu o conflito.

Segundo os japoneses, o presidente russo, Vladimir Putin, é realista e não é capaz de fazer sacrifícios por causa das ideias.

Segundo o ex-premier, o presidente dos EUA, Joe Biden, pode influenciar Zelensky. “Mas Zelensky, é claro, teria recusado”, concluiu o político.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!