França, um espectro que assombra Mourão

Na falta de espiões cubanos travestidos de médicos, ou de perigosos agentes do comunismo internacional, a “bola da vez” na cabeça do general Mourão como inimigo externo é a França.

O vice-presidente da República, general Mourão, disse que se preocupa com a possibilidade de o Brasil perder o estado do Amapá para a França. Como? Via Guiana Francesa, de acordo com a Veja.

“Quero chamar a atenção sobre a situação do Amapá. O Amapá é uma ilha. Não está efetivamente integrado ao território nacional. Se olharmos o Amapá e a Guiana Francesa, eles constituem um conjunto. E vamos lembrar que a Guiana Francesa é a presença da União Europeia na América do Sul. Com todas as consequências que isso pode ter. Nós, brasileiros, não podemos permitir que o Amapá seja atraído para a França. Tem que estar aqui, na nossa mão”, disse Mourão em seminário no Congresso Nacional, na sexta-feira 1/11.

Ele ainda afirmou da necessidade de integrar o Amapá por rodovias, e que blocos de exploração do pré-sal na região foram arrematados por uma empresa francesa.

E o Brasil está bem representado por essa turma de verde-oliva…! Que tal o Mourão se juntar ao general Heleno e irem tomar uma sopinha de pijama.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + 14 =