General Villas Bôas pressiona novamente o STF para manter prisão em segunda instância

Na véspera de o Supremo Tribunal Federal (STF) iniciar um julgamento que pode mudar as regras sobre a prisão em segunda instância, o ex-comandante do Exército Eduardo Villas Bôas volta a pressionar o STF!

Reprodução

Depois de deixar o hospital e voltar para casa, o general Eduardo Villas Bôas repetiu o gesto de intimidação que fez em 2018, às vésperas de o Supremo Tribunal Federal (STF) julgar a possibilidade ou não de prisão após condenação em segunda instância.

Pelo Twitter, o militar postou mensagens conclamando o combate à corrupção e à impunidade e citou o jurista Rui Barbosa.

O STF marcou para esta quinta-feira (17), o julgamento de três Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs), que questionam a prisão de pessoas depois de condenadas em segunda instância. Em caso de vitória da tese, o ex-presidente Lula deverá ser beneficiado.

“É preciso manter a energia que nos move em direção à paz social, sob pena de que o povo brasileiro venha a cair outra vez no desalento e na eventual convulsão social”, escreveu o general, atual assessor especial do Gabinete de Segurança Institucional (GSI).

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × dois =