Luana Araújo põe negacionista, terraplanista e defensores da cloroquina na lata do lixo

infectologista

Em depoimento à CPI da Covid (Genocídio) – 02/05, a médica infectologista Luana Araújo afirmou que estudos demonstram a alta na mortalidade por covid-19 com o uso desses medicamentos.

Enfática e possuidora de um raciocínio lógico e bastante didático, ela arrasou chamando de neocuranderismo toda panaceia em torno da cloroquina e do “kit covid”.

Essa é uma discussão delirante, esdrúxula, anacrônica e contraproducente. Ainda estamos discutindo uma coisa sem cabimento. É como se estivéssemos discutindo de qual borda da terra plana vamos pular

Todos nós somos favoráveis a uma terapia precoce que exista. Quando ela não existe, não pode ser uma política de saúde pública. Essa é uma discussão delirante, esdrúxula, anacrônica e contraproducente.

A médica explicou, ainda, o porquê de a estratégia da imunidade de rebanho, defendida em diversas ocasiões por membros do governo federal e pelo presidente Jair Bolsonaro, não ser possível naturalmente na crise da pandemia da covid-19.

O vírus Sars-Cov-2 é de RNA, que  é um tipo de material genético que tem tendências a sofrer mutações com muita facilidade. É e sempre será esperado que sofram mutações claras ao longo do tempo — explicou.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!