Moro é chamado de ‘mentiroso patológico’ após divulgação de vídeo

Em um vídeo divulgado antes das revelações da Vaza Jato, ainda em 2016, Moro nega, publicamente, que orientava as investigações da PF e MP.

fotos
Sérgio Moro aparece em vídeo dizendo que não interferia nas investigações da Lava Jato e foi desmentido

Editor-chefe da agência norte-americana de notícias The Intercept Brasil, o jornalista Glenn Greenwald lançou, neste sábado, mais um petardo contra o ex-juiz Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça e Segurança Pública. Em uma rede social, Greenwald denuncia a atitude do magistrado que decretou a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em um vídeo divulgado antes das revelações da Vaza Jato, ainda em 2016, Moro nega, publicamente, que orientava as investigações da Polícia Federal e Ministério Público.

A falácia foi desmentida nos vazamentos de áudios captados por um hacker.

Estratégia

“Mentiroso patológico”, classifica.

Na mensagem, Greenwald recomenda:

Assista a este vídeo de 1 minuto para nunca esquecer que Moro é um mentiroso patológico: antes de #VazaJato, ele veementemente negou a fazer o que todos nós sabemos agora que ele fez repetidamente: mandaram da estratégia do MPF e da PF. Apenas observe-o mentir para o público”, conclui.


Fonte: CdB

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!