O futuro tenebroso da educação no Brasil

Dias atrás (01/24), Carvalho Rodrigues o  novo Presidente do INEP disse que o Enem vai formar “cidadões”. Ele chefiará o instituto ligado ao Ministério da Educação e que será responsável pela elaboração do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)!

Desta vez, o Ministro da Educação Ricardo Vélez Rodríguez declarou nesta segunda-feira 28, que “A ideia de universidade para todos não existe”.

Segundo o ministro, o retorno financeiro dos cursos técnicos é maior e mais imediato do que o da graduação, o que pode diminuir a procura por Ensino Superior no Brasil.

“As universidades devem ficar reservadas para uma elite intelectual, que não é a mesma elite econômica [do país]”, declarou Rodríguez. Ainda não está prevista a cobrança de mensalidades em universidades públicas, mas Rodríguez fala da urgência de reequilibrar os orçamentos.

A julgar pela mentalidade dos novos gestores, o futuro da Educação no Brasil será tenebroso!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + dezessete =