O sumiço de Carluxo do Twitter tem explicação: A policia!

Rádio CBN noticiou, no início da noite desta quarta-feira (20), que Carlos Bolsonaro (PSC) pode estar envolvido no assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL). A informação é do jornalista Kennedy Alencar.

A informação é de que o filho do presidente teria uma relação próxima com o ex-policial militar e miliciano Ronnie Lessa, que é conhecido no Rio de Janeiro como um assassino profissional. Lessa encontra-se preso acusado de ser o autor dos disparos contra a Marielle.

A Polícia Civil levantou que Carlos Bolsonaro e Marielle Franco haviam se estranhado de maneira ríspida na Câmara Municipal do Rio de Janeiro e havia um clima de hostilidade entre os dois, que envolvia também seus assessores.

A nova hipótese é tratada com cautela, mas surge após 616 dias de investigação que não apontaram um caminho definitivo para o crime.

“O Carlos Bolsonaro e a Marielle Franco tiveram uma discussão pública forte na Câmara Municipal e o vereador se recusava a entrar no elevador se a vereadora estivesse dentro”, aponta o jornalista.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − catorze =