Perspectivas sombrias para a pandemia do coronavírus

Na melhor das hipóteses, o número de mortos será de 130.000 no Japão e 15 milhões no mundo. A perda do PIB será de US $ 2,3 trilhões

O presidente dos EUA, Trump (à direita), e o Dr. Anthony Fouch (à esquerda), membro da Nova equipe de controle do coronavírus. Fouch alerta Trump sobre otimismo. REUTERS / Leah Millis

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a disseminação do novo coronavírus como uma “pandemia” no dia 11 de março.

Nos Estados Unidos, relatórios de especialistas examinam as perspectivas da propagação do vírus. A situação mudou drasticamente à medida que empresas, escolas e comércio estão fechando.

O Dow Jones de 11 de março fecha com perdas de 5,86% depois de temores de que o governo Trump não tenha conseguido controlar a propagação do novo coronavírus.

Até a manhã do dia 11, Trump havia dito: “Acalme-se, as coisas vão melhorar em breve”, mas à noite ele anunciava na televisão o bloqueio de voo da Europa, exceto a Grã-Bretanha, para reduzir a propagação de infecções nos Estados Unidos.

Anthony Fouch, presidente e diretor do Laboratório Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas e membro da nova equipe de controle do coronavírus, disse em uma audiência na câmara baixa na terça-feira:

“Alguns dizem que é o mesmo que influenza, mas a taxa de mortalidade é de 0,1%. O infectado com o novo coronavírus tem  dez vezes mais chances de morrer”.

Congressista: “O pior caso acontecerá?”

Dr. Fouch “Sim, basicamente será pior do que agora”

A afirmativa de Fouch tensionou a atmosfera no Congresso.

Fouch alerta que Trump diversas e repetidas vezes disse que “a mortalidade por nova coronavírus é menor” quando comparada à gripe.

Perda de PIB será no mínimo de US $ 2,3 trilhões, no pior cenário US $ 9,2 trilhões

A Brookings Institution, um dos principais think tanks dos Estados Unidos, divulgou um relatório em 2 de março, “O impacto do COVID-19 na macroeconomia global: sete cenários”.

De acordo com o relatório, no pior cenário, onde a resposta dos governos não é apropriada e a taxa de infecção é quase a mesma que a gripe espanhola que se espalhou em 1918-19, 570.000 japoneses morrerão causada pelo novo coronavírus e um número assustador de 68 milhões em todo o mundo.

As estimativas de mortes são as seguintes:

Japão: melhor cenário 130.000, no pior 570.000

China: melhor cenário 2,8 milhões, no pior 12,6 milhões

Estados Unidos: melhor cenário 240.000, no pior 1,06 milhão

Total mundial: 15,18 milhões na melhor das hipóteses, na pior 6,84 milhões

O relatório observou que, nos Estados Unidos, as mortes por influenza atingiam uma média de 55.000 por ano, cerca de um quinto do melhor cenário do novo coronavírus.

O produto interno bruto (PIB) mundial terá uma perda de US $ 2,3 trilhões no melhor cenário e US $ 9,2 trilhões no pior caso. As perdas por país são as seguintes.

Japão: no melhor cenário US $ 140 bilhões, no pior $ 549 bilhões

China: no melhor cenário US $ 426 bilhões, no pior US $ 1,6 trilhão

EUA: no melhor cenário US $ 420 bilhões, no pior US $ 1,8 trilhões

O relatório foi escrito pelos professores Warwick McKibbin e Roshen Fernando, da Universidade Nacional Australiana. O objetivo é entender o impacto do novo corovírus na economia global e tomar as decisões corretas sobre o controle d vírus.

Eles estimam o número de mortes, levando em consideração os efeitos do HIV no passado, SARS e o novo coronavírus, bem como as taxas de crescimento econômico e as circunstâncias de cada país.

Foram analisados os impactos da redução da força de trabalho devido a infecções e mortes, o aumento dos custos de negócios devido à interrupção das redes de manufatura e as mudanças nos impactos e no consumo das famílias.

Fonte: Business Insiders

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 8 =