Polícia Federal realizou operação de busca e apreensão na casa de Janot

Agentes da Polícia Federal, por ordem do Ministro Alexandre de Moraes, do STF, realizaram operação de busca e apreensão em endereços ligados ao ex-procurador geral da República Rodrigo Janot.

busscajanot

A notícia, da Folha de S. Paulo, não tem detalhes, mas supõe-se que os locais sejam a casa de Janot e o recém-inaugurado escritório Rodrigo Janot Advogados Associados, aberto por ele há três meses.

Não dá para saber o tamanho, mas certamente é grande a crise aberta entre o STF e o Ministério Público.

Mesmo com a impensável confissão de Janot de que se preparou para assassinar o ministro Gilmar Mendes, logo vão começar as manifestações corporativistas dos procuradores.

O despacho do ministro Alexandre de Moraes, atendeu pedido de Gilmar Mendes de suspender o porte de arma pelo ex-procurador geral da República, Rodrigo Janot e expandiu o que havia sido solicitado, proibindo que ele chegue “a menos de 200 metros” de qualquer ministro do Supremo, além de ser proibido de entrar no prédio.

Este eventos acontece, depois da entrevista de Janot dizendo que foi armado ao STF para assassinar Mendes.

Segundo o site Conjur, “a PF já apreendeu uma pistola, três pentes [de munição], celular e o tablet de Janot.”

Fonte: Tijolaço

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 1 =