População protesta contra Bolsonaro no Dia da Independência

Apesar da convocação de Bolsonaro para que a população saísse às ruas de verde e amarelo neste 7 de setembro, grande parte população não atendeu ao pedido. O Dia da Independência, foi marcado por protestos de estudantes  em repúdio aos ataques de Bolsonaro contra a Educação, a Amazônia, a Democracia e a Independência Nacional.

Os estudantes protestam contra os cortes realizados pelo governo Bolsonaro no orçamento da Educação. A mobilização acontece no momento em que o estrangulamento das universidades federais, tiveram em média 30% da verba de custeio cortada pelo governo. Eles rejeitam também o projeto privatista “Future-se” – que entrega as instituições federais de ensino para empresas privadas travestidas de “Organizações Sociais”.

Nas comemorações oficiais, o comparecimento aos desfiles militares ao que tudo indica, foi do mesmo tamanho dos últimos anos. Um dos fatores que pode ter contribuído pelo “esvaziamento” do desfile está no reflexo das pesquisas que mostram queda acentuada na popularidade de Bolsonaro, e de outros vários fatores  que indica o desencantamento de parte do eleitorado com a forma de condução do país pelo governo de extrema direita. O que se vê, por outro lado, são algumas mobilizações acontecendo em diferentes regiões do país contra seus cortes na educação e pesquisa.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =