Presidente Nicolás Maduro afirma que os EUA querem roubar o nosso petróleo

O presidente Nicolás Maduro denunciou a ingerência dos EUA contra seu país

O Presidente Nicolás Maduro reiterou que os EUA quer tirar da Venezuela os seus recursos de petróleo e mineração.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, assegurou que a principal razão para a crescente pressão exercida pelos Estados Unidos ( EUA ) contra seu governo é o desejo de roubar seus recursos minerais e petrolíferos .Em uma entrevista exclusiva para a mídia russa Sputnik, o presidente fez referência ao mineral e à riqueza natural de seu país e que os EUA sempre quis.

Nicolás Maduro reiterou que seu país é uma nação soberana e independente e que não é o quintal dos EUA. “Eles [os Estados Unidos] nos consideram seu quintal. E nós dizemos que não somos o quintal de ninguém, somos uma república independente”, acrescentou Maduro.

Nova tentativa de diálogo

Dadas as possibilidades de um diálogo com os setores políticos da oposição, o chefe de Estado venezuelano informou que há contatos reservados entre autoridades de vários países para tentar uma nova abordagem que ponha fim à crise venezuelana.

“No momento está em fase de conversas privadas, conversas telefônicas, entre presidentes, chanceleres, nosso chanceler (Jorge Arreaza) é muito ativo, e esperamos que haja bons resultados nas próximas horas”, afirmou o presidente venezuelano.

Nicolás Maduro indicou que são “vários governos, e várias instâncias” que lançaram a ideia de um diálogo apoiado pelos governos do México, Uruguai, Bolívia, Rússia e outros países europeus.

USA impuseram penalidades à PDVSA na segunda-feira, bloqueando 7 bilhões de dólares em ativos da empresa e alertando que o pagamento de qualquer compra de petróleo bruto feito por empresas locais iria para contas bloqueadas para que as autoridades da empresa não pudessem receber essa receita.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + 15 =