Psiquiatra Alemão comprova: pessoas de QI baixo tendem a ser intolerantes e de direita

Pessoas que  tiveram nota mais baixa em teste de inteligência tem a tendência em defender temas de intolerância, como racismo, xenofobia e homofobia é o que demonstra o estudo publicado na revista Emotion.

Um estudo publicado na última edição da revista alemã Emotion  mostrou, por meio de pesquisa, que as pessoas que tiveram uma nota mais baixa em testes de inteligência costumam ser apoiadores de causas da direita e a favor de temas de intolerância, como racismo, xenofobia e homofobia.

Alain Van Hiel, autor do estudo (Reprodução/Lannoo)

O estudo que teve o resultado divulgado pelo IG é o primeiro do mundo a identificar tendências emocionais em pessoas com déficit de inteligência. No total, 983 estudantes belgas participaram dos testes emocionais, reconhecimento de emoções e situacional. Os que tiveram apontamentos de QI mais baixo, mostraram ter tendências de autoritarismo e apoio a causas políticas da direita .

“Resultados foram unívocos. Pessoas que apoiam líderes fortes e que não se importam com desigualdades mostram níveis de desequilíbrio emocional “, explica o psiquiatra autor do estudo, Alain Van Hiel.

 

Compartilhar:

One thought on “Psiquiatra Alemão comprova: pessoas de QI baixo tendem a ser intolerantes e de direita

  1. Ahhh! Então está explicado, o porquê de Bolsonaro perseguir professores e cientistas, cortar o orçamento da Educação e cortar bolsas de estudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + catorze =