Rivais da Líbia assinam acordo de cessar-fogo na Rússia

O chefe do governo da Líbia (GNA), reconhecido pela comunidade internacional, Fayez al-Sarraj, e seu rival, o comandante Khalifa Haftar, devem assinar um acordo de cessar-fogo na Rússia na segunda-feira, disse uma importante autoridade líbia

A assinatura do acordo abrirá o caminho para a retomada do processo político, afirmou o chefe do Alto Conselho de Estado da Líbia, Khaled al-Mechri, no canal de TV Al-Ahrar do país.

Mechri acrescentou que acompanharia al-Sarraj a Moscou, enquanto Aguila Salah, presidente do parlamento do Leste, viajaria com Haftar.

O país norte-africano, rico em petróleo, tem sido atormentado por turbulências desde que o líder de longa data Muammar Gaddafi foi morto em um levante apoiado pela OTAN em 2011. Desde então, o país foi dividido entre administrações rivais no leste e no oeste, em meio a um conflito que envolve crescente envolvimento de potências estrangeiras.

O GNA de Trípoli está sendo atacado desde abril passado pelas forças orientais leais a Haftar, o Exército Nacional da Líbia (LNA), que no início de janeiro capturou a estratégica cidade costeira de Sirte.

Separadamente, a agência de notícias Interfax citou uma autoridade russa dizendo que al-Sarraj e Haftar chegarão a Moscou na segunda-feira e discutem “a possibilidade de assinar uma trégua e os detalhes de tal documento”.

Lev Dengov, chefe do grupo de contatos russo na Líbia, observou que ainda não está claro se os dois rivais se encontrarão frente a frente.

Enquanto isso, em um breve discurso televisionado na segunda-feira, al-Sarraj instou os líbios a “virar a página do passado”.

“Peço a todos os líbios que vire a página do passado, rejeite a discórdia e feche fileiras para avançar em direção à estabilidade e à paz”, acrescentou.

O GNA e o LNA de Haftar concordaram com uma trégua condicional que deveria entrar em vigor à meia-noite no horário local no domingo (22:01 GMT no sábado), mas ambos os lados acusaram o outro de violações.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + quinze =