“Sincericídio”, deputada do PSL confessa o laranjal no Plenário

A deputada federal, Soraya Manato (PSL-ES), admitiu no plenário da Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (15), que o partido de Bolsonaro fez uso de candidaturas laranjas na campanha que o elegeu presidente.

Reprodução

De acordo com vídeo postado em tuíte do jornalista George Marques, a deputada disse: “Então, pessoal da esquerda, não tem ninguém santo aqui dentro não, tá? Tem laranja em tudo quanto é partido. Aqui no PSL tiveram candidatos laranjas, mas a grande maioria foi eleita honestamente”.

O alerta foi feito pelo vice-líder do PCdoB, deputado federal Márcio Jerry (MA), que acompanhava a sessão. “A deputada Soraya Manato fez hoje gravíssima confissão. Todo mundo já sabia, mas enfim um deputado do PSL admitiu claramente o laranjal. O partido do presidente Bolsonaro está virando um suco de laranja podre e provocando muitas diarreias políticas”, afirmou Jerry.

O “laranjal” do PSL culminou nesta terça-feira com mandados  de busca e apreensão na casa do deputado federal e presidente do partido, Luciano Bivar (PSL-PE), em Recife. A investigação em curso é sobre o esquema das candidaturas de laranjas dentro do partido, que também é sigla presidente Jair Bolsonaro.

Os mandados na casa de Bivar foram autorizados pelo Tribunal Regional Eleitoral do estado, atendendo pedidos da polícia e do Ministério Público.

Fonte: Revista Fórum

 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 2 =