Triste fim de Ronaldinho gaúcho

Justiça do Paraguai determina prisão de Ronaldinho gaúcho e do seu irmão Assis

Reprodução

Ronaldinho Gaúcho e o seu irmão e empresário Roberto Assis foram presos no Paraguai nesta sexta (06/03).

O pedido da Justiça local visa evitar a saída dos dois do país durante as investigações sobre o caso dos documentos falsos na entrada em território paraguaio.

Os brasileiros foram detidos no hotel onde se hospedavam na capital Assunção em medida preventiva das autoridades locais.

Ronaldinho e Assis foram encaminhados para a Agrupación Especializada enquanto aguardam novidades sobre as investigações.

A detenção tem caráter preventivo, de acordo com o Ministério Público paraguaio.

Ronaldinho foi escolhido embaixador do turismo no Brasil por Jair Bolsonaro.

Fonte: DCM
Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =