Vídeo: Violência do golpe fundamentalista cristão na Bolívia

Mãe boliviana se desespera ao ver o filho morto pela ditadura!

“Papito, acorda, não me diga que está morto. Papito, acorda. Acorda. Acorda”.
A dor de uma mãe diante do corpo do filho, um jovem indígena morto pela violenta repressão da recém instaurada ditadura boliviana.

É isso que faz a ditadura teocrática fundamentalista da extrema direita cristã na Bolívia, reconhecida e apoiada pelo governo Bolsonaro, depois do golpe que derrubou o presidente Evo Morales, eleito democraticamente. Faz mães chorarem a morte de seus filhos, simplesmente porque estes lutavam por democracia.

À horda acéfala que elegeu Bolsonaro e que tece loas ao golpe militar de 1964 no Brasil, está aí uma amostra do que foi aquele período da nossa História e da América Latina no século passado.
#BoliviaMassacre #BoliviaCoup

União das Esquerdas

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!