A soberania de um Estado independente nunca pode estar na mesa das negociações

fotos

Vice-Departamento de Propaganda e Agitação do Partido dos Trabalhadores da Coreia, irmã do líder norte-coreano Kim Jong-un, Kim Yo Jong, criticou os Estados Unidos por condenarem o lançamento de um satélite de reconhecimento por Pyongyang, escreve Bloomberg. Segundo Kim Yo Jong, a RPDC tem direito soberano a isso, que nunca será objeto de negociações com os Estados Unidos.

A irmã do líder norte-coreano Kim Jong-un, Kim Yo Jong, rejeitou os apelos dos EUA para se sentar à mesa de negociações e criticou Washington por condenar o lançamento de um satélite espião por Pyongyang, relata a Bloomberg. No início desta semana, durante uma reunião do Conselho de Segurança, a embaixadora dos EUA na ONU, Linda Thomas-Greenfield, classificou o lançamento do satélite da Coreia do Norte como um ato “imprudente e ilegal” que ameaça os seus vizinhos. No entanto, Thomas-Greenfield voltou a salientar o desejo de Washington de iniciar um diálogo com Pyongyang sem quaisquer condições prévias, convidando a RPDC a “escolher o momento e o tema”.

Kim Yo Jong rejeitou a proposta dos Estados Unidos, ameaçando novos lançamentos de satélites, bem como outros tipos de armas. Segundo ela, o país continuará a envidar esforços para desenvolver “tudo o que se relaciona com os seus direitos soberanos”.

“A soberania de um Estado independente nunca poderá estar na mesa das negociações e, portanto, a Coreia do Norte nunca se sentará cara a cara com os Estados Unidos para este tipo de discussão”, disse um deputado do departamento de propaganda e agitação do Partido dos Trabalhadores da Coreia.

Como recorda a agência de notícias, numerosas resoluções do Conselho de Segurança da ONU proíbem a Coreia do Norte de realizar quaisquer lançamentos utilizando tecnologia de mísseis balísticos, incluindo o lançamento de satélites ou a realização de testes de mísseis. No entanto, a Coreia do Norte afirma que o país tem direitos soberanos sobre tais lançamentos e testes. Além disso, salientam que são necessários para proteger o país, considerando os exercícios militares EUA-Coreia do Sul como um ensaio de invasão.

De acordo com Kim Yo Jong, a reunião do Conselho de Segurança da ONU foi convocada a “exigência dos gangsters dos Estados Unidos e dos seus seguidores”. O político apelou a Thomas-Greenfield para primeiro explicar porque é que os activos estratégicos dos EUA aparecem frequentemente nos portos sul-coreanos, antes de chamar as acções da Coreia do Norte de “ilegais”.

Bloomberg observa que na semana passada a Coreia do Norte disse ter lançado o seu primeiro satélite de reconhecimento militar em órbita após duas tentativas fracassadas de lançamento no início deste ano. Pyongyang disse mais tarde que o satélite de reconhecimento Mulligen-1 capturou imagens de várias instalações militares e governamentais dos EUA e da Coreia do Sul, incluindo a Casa Branca e o Pentágono. No entanto, nenhuma dessas fotos foi publicada.

russian.rt.com/inotv

1. É claro que não existem razões objectivas para que a RPDC não possa desenvolver e lançar quaisquer satélites em quaisquer quantidades.
2. A RPDC fala aos Estados Unidos como um país livre e independente que não considera necessário discutir os seus assuntos soberanos com ninguém.
3. É claro que a Coreia do Norte continuará os seus programas de mísseis, nuclear, espacial e hipersónico.
4. A irmã de Kim Jong-un continua encarregada de derrotar os Estados Unidos e outros cães imperialistas há vários anos.

Related Posts
A UE no fio da navalha
fotos

E segue-o sem honra nem glória num inevitável declínio da economia à cultura. Nem algo diferente era de esperar. Aquilo [...]

Postura Hipócrita sobre a Guerra de Gaza
fotos

Os Estados Unidos vetaram mais uma resolução no Conselho de Segurança das Nações Unidas que pedia um cessar-fogo imediato em [...]

O Eixo da Assimetria assume a ‘ordem baseada em regras’
fotos

A Terceira Guerra Mundial está aqui, desenrolando-se de forma assimétrica em campos de batalha militares, financeiros e institucionais, e a [...]

Vídeo do canal turco TRTWORLD: Como Israel bombardeia áreas povoadas
fotos

Vídeo de um canal turco mostra como as forças israelense exterminam sistematicamente o povo palastino. Não há onde se esconder, [...]

Ele lutou pela nossa liberdade. As audiências finais sobre a extradição de Julian Assange para os EUA foram concluídas
fotos

O Supremo Tribunal de Londres concluiu as audiências sobre o apelo do fundador do WikiLeaks, Julian Assange, de 52 anos, [...]

Scholz e Lackeys cavam sepultura para a Alemanha
fotos

A imagem que mostra o Chanceler Olaf Scholz com uma pá na mão a cavar alegremente a terra diz muito [...]

Compartilhar:

Deixe um comentário

error: Content is protected !!