A Vale, o governo Lula, o brasileiro, a mídia e os poderes do estado

fotos
(Foto: Tania Rêgo/Agência Brasil

César Cantu

A trajetória para o 1º Mundo de uma nação já está delineada e comprovada: Ser protagonista na geração de produtos e serviços com maior valor agregado possível e ter avanços acelerados nas pautas humanitárias, resultado precípuo da inteligência humana.

O seleto núcleo dos países ditos do 1º Mundo quer restringir, por todos os meios, inclusive guerras genocidas, a entrada de novos membros e transformar todos os outros em suporte para manter sua sólida condição privilegiada, debalde a miséria grassada pelo mundo.

É nesse contexto que o Mercado deseja que o Brasil continue sendo mero exportador de commodities e importador de produtos (semi)acabados e serviços de alta tecnologia.

A VALE insere-se nesse contexto. Para eles, a empresa brasileira precisa continuar exportando minério de ferro a US$ 85,00 / ton e o Brasil importar lingotes de aço a US$ 1.000 – 1.800 / ton, preços esses “made in China”, o menor deles. Vamos imaginar a VALE Siderurgia funcionando ao lado das nossas minas de minério de ferro. Quem poderia competir? Qual seria o preço do nosso lingote de aço no mercado nacional e internacional?

Infelizmente, o governo Lula está sozinho nessa luta, sem apoio da maioria das nossas forças de pressão.

O brasileiro, inebriado pelo Circo para o Povo, anestesiado pelo Ópio do Povo e encantado pela nossa Cultura de Massa, poderosos instrumentos de alienação, nem entende o que tudo isso significa e nem se interessa em entender;

A mídia lesa-Pátria, mantida pelo e atrelada ao Mercado, luta contra por motivos óbvios;

O Poder Legislativo, cujos membros são eleitos pelo povo, não poderia agir de forma contrária;

O Poder Judiciário, além de elitista também, segue atrelado às leis estabelecidas pelo Poder Legislativo;

Diante desse cenário, o que fazer? Continuar sendo país subdesenvolvido, grande suporte ao fausto banquete da elite privilegiada?

Resta-nos a nós, poucos cidadãos mais conscientes e suas poucas entidades representativas, desfraldar a bandeira para colocar esse gigante adormecido em berço esplêndido na sua rota rumo à evolução civilizatória para o bem estar comum.

Pátria Latina

Related Posts
PEC dos militares na política: Mourão junta oposição para frear mudanças em candidaturas
fotos

Até terça-feira (20), o Palácio do Planalto contava com a volta das sessões no Congresso para fazer avançar a despolitização [...]

A coragem de Lula e o vira-latismo da mídia
fotos

A declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a similaridade entre o extermínio do povo palestino que Israel [...]

Mourão e o golpismo fora de época
fotos

O senador Hamilton Mourão, acostumado com a linguagem da caserna, e ainda ambientado nos anos do golpe de 1964, viciado [...]

Caso First Mile derruba membro da atual diretoria da PF por suposta espionagem ilegal
fotos

O mais recente desdobramento da investigação sobre uma suposta espionagem ilegal de agentes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) derrubou [...]

“Militares atuaram em 8 de janeiro por omissão e também por ação”, diz historiador
fotos

Francisco Teixeira, da UFRJ, revela que pesquisadores intercederam para governo não aprovar GLO após invasão em Brasília Por Texto: Natalia [...]

Um ano depois, entenda a narrativa da associação dos familiares dos presos no 8 de janeiro
fotos

Há um ano, em 8 de janeiro de 2023, pessoas contrárias à posse de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) [...]

Compartilhar:

Deixe um comentário

error: Content is protected !!