Anonymous tem sua página do Twitter bloqueada após expor dados de Bolsonaro

Uma célula brasileira Anonymous publicou na noite desta segunda-feira (1) um documento no Pastebin com informações pessoais do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), sua família, além de ministros de seu governo. Cerca de uma hora após a publicação, a página saiu do ar.

Momentos antes da página @AnonymouBrasil sair do ar, ela havia publicado documentos no Pastebin com dados públicos, mas compilados, de integrantes do governo Bolsonaro.

No total, são citados no documento: Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro (deputado federal PSL), Flavio Bolsonaro (Republicanos-RJ), Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), Rogeria Bolsonaro (ex-mulher do atual presidente), Douglas Garcia (deputado estadual – PSC), Abraham Weintraub (ministro da Educação) e Damares Alves (ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos).

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + dois =