Biden liga para Putin sugerindo um encontro

Biden - Putin

Enquanto Moscou e Washington caminhavam para um impasse cada vez mais difícil de superar, o presidente dos EUA, Joe Biden – que na verdade foi o responsável por provocar o aumento das tensões há um tempo – de acordo com o jornal Kommersant, fez uma ligação telefônica para seu homólogo russo, Vladimir Putin, na terça-feira para discutir questões de estabilidade estratégica, e sugeriu que deveriam reunir-se em um terceiro país.

“Ao fazer a convocação, Biden deu início a outra rodada do jogo de xadrez político que as administrações anteriores dos Estados Unidos costumavam jogar, abrindo com uma “jogada E2-E4”. Ao mesmo tempo, seu convite para um encontro em um terceiro país é também um sinal para Washington aliados, indicando que a atual administração da Casa Branca no fundo respeita o líder russo a ponto de fazer ao menos um aperto de mão. Também é uma espécie de desculpa pela declaração no mínimo vulgar que Joe Biden fez em uma entrevista ao ABC News, quando chamou Putin de assassino.

A resposta de Putin não poderia ser mais épica ou com elegância ironia, ou ambas, que cada um tire suas próprias conclusões:

 

O telefonema mostra também que há uma possível linha de comunicação direta entre os dois presidente. Quanto à proposta de Biden de realizar uma cúpula em um terceiro país, prova que “Washington tem que contar com Moscou” e pretende manter o diálogo.

O Diretor-Geral do Conselho de Assuntos Internacionais da Rússia, Andrey Kortunov, afirma que:

“De qualquer forma, haverá uma conversa de duas vias. Mas certamente é melhor colocar as cartas na mesa imediatamente e esclarecer onde os dois países podem trabalhar juntos sob o governo Biden e onde não podem.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + cinco =