Bolsonaristas arrependidos se voltam contra o mandatário

Outro que também demonstrou insatisfação foi o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson. A aliança de Bolsonaro com o ‘Centrão”, principalmente com o PL, tem deixado a cúpula petebista irritada. Até o ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, se diz arrependido de ter apoiado o ex-patrão.

idiota
Ernesto Araújo desdisse tudo o que falou ao longo do período em que esteve à frente do Itamaraty

A ativista Sara Winter, presa após uma tentativa de intimidação do Supremo Tribunal Federal (STF) à época em que militava em favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), afirmou nesta terça-feira sentir-se “vergonha” de seu ex-aliado.

— Eu me decepcionei demais com o Bolsonaro. O governo dele foi uma grande ilusão para os conservadores. Eu tenho vergonha de quando saía na rua gritando ‘mito’ — declarou a jornalistas.

Sara Winter (nome que passou a usar em homenagem a uma prostituta e espiã da Alemanha nazista, durante a II Guerra Mundial) foi presa durante um protesto em Brasília.

— Nós recebíamos diretrizes diretas do Planalto. A Carla Zambelli e a Bia Kicis diziam em quem a gente deveria bater ou não. Tínhamos certeza que, se acontecesse alguma coisa, teríamos um respaldo legal, jurídico e econômico. O que aconteceu foi o contrário — reclamou.

‘Bolsonarismo’

Outro que também demonstrou insatisfação foi o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson. A aliança de Bolsonaro com o ‘Centrão”, principalmente com o PL, tem deixado a cúpula petebista irritada.

O blogueiro Oswaldo Eustáquio e o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), outros dois bolsonaristas alvo da Justiça por ameaças e atos antidemocráticos, não se dizem diretamente decepcionados com Bolsonaro, mas sim com o ‘bolsonarismo’.

Até o ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, se diz arrependido. Segundo afirmou, nesta manhã, o governo do presidente Jair Bolsonaro “virou a base do ‘Centrão”. Ele fez a crítica, gravada em vídeo, em um congresso conservador realizado em Santa Catarina.

Ostentação

Enquanto seus ex-seguidores o criticam, abertamente, nas redes sociais, Bolsonaro ostenta os gastos com dinheiro público. Hospedado no luxuoso hotel Habtoor Palace, com diárias de até R$ 81 mil, em Dubai, o presidente brasileiro mostrou-se deslumbrado com a suíte oferecida pelo Reino do Bahrein durante sua estadia no país do Oriente Médio.

— Preço do apartamento: a diária, R$ 46 mil, né? Isso dá aproximadamente US$ 7 mil — jacta-se o presidente, em vídeo publicado em perfil ligado ao filho ’02’, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!