Brasileira morre em ataque terrorista na França

De acordo com relatórios preliminares, o ataque ocorreu na quinta-feira de manhã na catedral local de Notre Dame

terrorista
© EPA-EFE / SEBASTIEN NOGIER

Uma mulher foi praticamente decapitada em um ataque por um criminoso armado com uma faca, em Nice, na França, disse o prefeito da cidade, Christian Estrosi, à TV BFM . Segundo o prefeito, o agressor estava gritando “Allahu Akbar”.

Mais tarde a mulher foi identificada como a cidadã brasileira Simone Barreto Silva, ela tinha 44 anos e foi uma das três vítimas fatais de um ataque com facas na Basílica Notre-Dame de Nice, França, ocorrido de manhã.

“O agressor usou o mesmo método do terrorista Conflans-Sainte-Honorine”, disse Estrosi, referindo-se ao assassino do professor Samuel Paty.

De acordo com relatórios preliminares, o ataque ocorreu na quinta-feira de manhã na catedral local de Notre Dame. As testemunhas contaram aos jornalistas que os policiais atiraram no agressor seis ou sete vezes durante a detenção.

Em 16 de outubro, Samuel Paty, um professor de história e geografia, foi decapitado após exibir as caricaturas do Profeta Maomé no Charlie Hebdo durante uma aula dedicada à liberdade de expressão. Após o assassinato, o presidente francês Macron anunciou uma campanha contra os seguidores de ideologias radicais e organizações relacionadas e prometeu que a França não renunciaria a publicar as caricaturas.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − catorze =