Britânicos e norte- americanos pedem aos seus cidadãos que deixem o Brasil

“Se você é cidadão britânico e está visitando o Brasil, recomendamos expressamente que você retorne ao Reino Unido, imediatamente. As rotas comerciais ainda estão disponíveis, mas mudando rapidamente”, adverte o embaixador

fotos
Reprodução

Embaixador inglês, o diplomata Vijay Rangarajan pediu, em mensagem nas redes sociais, que os britânicos que estiverem no Brasil retornem imediatamente, devido à crise do coronavírus. Ele não fez referência direta à maneira como o governo Bolsonaro está conduzindo o combate à epidemia, mas o tom de emergência dos tweets deixa patente a preocupação. As duas mensagens foram escritas em inglês, traduzidas pela Redação do Correio do Brasil.

“Se você é cidadão britânico e está visitando o Brasil, recomendamos expressamente que você retorne ao Reino Unido imediatamente. As rotas comerciais ainda estão disponíveis, mas mudando rapidamente. Veja a seguir a situação atual.

Rotas diretas atualmente disponíveis:
• Latam: é esperado que o voo entre SP e Londres funcione até o dia 3 de abril, embora essa data esteja sendo revisada diariamente.
•  British Airways:  as rotas que saem de Galeão ou Guarulhos para Heathrow ainda têm assentos disponíveis para os próximos dias”.

EUA, idem

Na véspera, foi a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil que publicou o aviso para que os norte-americanos, em território brasileiro, voltem imediatamente ao EUA.

O governo norte-americano já havia solicitado aos seus cidadãos no exterior que voltassem ao país por causa da pandemia por coronavírus. Nesta terça, a embaixada dos EUA no Brasil mostrou as opções de voos disponível do Brasil para os EUA.

Cerca de duas horas antes de a embaixada dos EUA no Brasil listar as opções de saída via aérea do território brasileiro, o presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento pela TV. Contrariando tudo o que especialistas e autoridades sanitárias do país e do mundo inteiro vêm pregando como forma de evitar que o novo coronavírus se espalhe, Bolsonaro criticou em rede nacional de televisão, o pedido para que todas aqueles que possam fiquem em casa.

Bolsonaro culpou os meios de comunicação por espalharem, segundo ele, uma sensação de “pavor”. E disse que, se contrair o vírus, não pegará mais do que uma “gripezinha”.

Fonte: CdB

Related Posts
Uma nova (e mais justa) Nuremberg
fotos

A Federação Russa continua a desempenhar o seu papel civilizador na Ucrânia, capturando, julgando e punindo os nazis que participaram [...]

Impossibilitada de escalar militarmente, OTAN aposta na retórica
fotos

Continuando sua incessante onda de escaladas na guerra contra a Federação Russa, os países da OTAN decidiram deliberar sobre “autorizar” [...]

O Ocidente já está em guerra com a Rússia, mas os seus líderes não conseguem acordar de um sonho
fotos

A OTAN está a planejar algo grande na Ucrânia? Estaremos agora à beira do início da Terceira Guerra Mundial, já [...]

Iêmen contra-ataca, visando o USS Eisenhower
fotos

As Forças Armadas do Iémen, alinhadas com Ansarallah, aumentaram as apostas no Mar Vermelho ao atacarem o porta-aviões norte-americano Eisenhower [...]

‘Líder do mundo livre’ permite genocídio e aniquilação global
fotos

Se houver alguma esperança, pode ser que a abominável realidade estimule o mundo a revoltar-se contra este sistema criminoso e [...]

Pogroms, censura, manipulação midiática: o que o Ocidente esconde sobre o genocídio palestino
fotos

Israel rompe todos os limites de ultraje, humilhação e desprezo pela dignidade humana, cuja vítima há 75 anos é o [...]

Compartilhar:

Deixe um comentário

error: Content is protected !!