Carlos Bolsonaro é o articulador de fake news, segundo a PF

A investigação da Polícia Federal aponta que o vereador Carlos Bolsonaro é o articulador do esquema criminoso de fake news, mas, isto não é nenhuma novidade, apenas confirma o que já era sabido por todos

Reprodução

O real motivo da substituição do diretor da PF Maurício Valeixo, é confirmado pela reportagem da Folha de S.Paulo .

O inquérito foi aberto em março de 2019 pelo presidente do Supremo, Dias Toffoli, a fim de apurar o uso de notícias falsas para ameaçar e caluniar ministros do tribunal.

Dentro da Polícia Federal, não há dúvidas de que Bolsonaro quis exonerar o ex-diretor da PF Maurício Valeixo, homem de confiança do ex-ministro da Justiça Sergio Moro, porque tinha ciência de que a corporação havia chegado ao seu filho.

Para o presidente, tirar Valeixo da direção da PF poderia abrir caminho para obter informações da investigação do Supremo ou inclusive trocar o grupo de delegados responsáveis pelo caso.

Porém, a manobra de Bolsonaro ocasionou mais estragos para sua imagem já bastante desgastada, do que algum efeito prático, pois logo após Moro anunciar publicamente sua demissão do Ministério da Justiça, o ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito no Supremo, determinou que a PF mantenha os delegados no caso.

Isso foi um balde de água fria em suas pretensões de proteger seu filho bandido 02!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 − 1 =