Coronavírus: 66 municípios do Rio de Janeiro decretaram estado de calamidade pública

Taxa de ocupação de leitos de terapia intensiva do SUS na capital chega a 88,45%

witzel
Governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel

A pandemia do coronavírus levou 66 municípios do Rio de Janeiro a decretarem estado de calamidade na saúde pública. O decreto legislativo que reconhece as medidas, tomadas em 71% dos 92 municípios do estado, foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) nesta quinta-feira.

O reconhecimento do estado de calamidade permite que as prefeituras agilizem procedimentos, sem observar temporariamente itens da Lei de Responsabilidade Fiscal, como limite de despesas com pessoal.

O presidente da Alerj, deputado André Ceciliano (PT), considerou que a crise acabou levando os municípios a um aumento de despesas e a uma diminuição de receitas.

Entre as prefeituras que decretaram calamidade pública estão desde as maiores, como a do Rio de Janeiro, de Duque de Caxias, de São Gonçalo e de Nova Iguaçu, até as de pequenos municípios, como Macuco, Natividade, Paty do Alferes e Porciúncula.

O decreto legislativo não depende de sanção do governador, Wilson Witzel, sendo sancionado pelo presidente da Alerj e publicado no Diário Oficial do Legislativo nos próximos dias.

A Prefeitura do Rio de Janeiro informou que a taxa de ocupação dos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) da rede do Sistema Único de Saúde (SUS), que inclui as unidades municipais, estaduais e federais em toda a capital fluminense, é de 88,45% dos 619 leitos disponíveis.

A Secretaria Municipal de Saúde destaca que esse percentual engloba pacientes com diferentes doenças e vítimas de infartos, de acidente vascular cerebral, entre outras emergências, e não apenas os infectados pelo coronavírus (Covid-19). Estão internadas 203 pessoas na UTI da rede SUS com suspeita ou confirmação da Covid-19.

Fonte: Monitor Mercantil

Related Posts
“Boiada do eucalipto”: ambientalistas apontam lobby em lei que facilitou silvicultura
fotos

Durante o feriado de Corpus Christi, o governo federal sancionou a Lei 14.876, que tirou o manejo e plantio de [...]

A enchente no Sul desencadeou surto de propaganda anarquista na direita brasileira
fotos

No Brasil criaram-se duas fantasias: a de que as Forças Armadas são praticamente comunistas, porque são positivistas, e que tanto [...]

Chuvas no Maranhão: governo nega, mas ainda há famílias desabrigadas
fotos

Os sinais de que a forte chuva se aproximava apareceram por volta de 1 hora da manhã do dia 22 [...]

“Temos que nos assustar para agir”, diz Suely Araújo sobre desastre no Rio Grande do Sul
fotos

Tragédia no Rio Grande do Sul: Para refletir sobre as falhas da ação do poder público e entender o que [...]

Privatização da Sabesp: Se a tendência global é remunicipalizar o saneamento, por que o Brasil insiste em privatizar?
fotos

Na quinta-feira, 2 de maio de 2024, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou o projeto de lei que autoriza [...]

Empresas “donas da água” no Brasil pagaram 5 centavos para cada 10 mil litros captados
fotos

Cobrança pelo uso da água, criada para promover uso racional do recurso, ainda engatinha no país [...]

Compartilhar:

Deixe um comentário

error: Content is protected !!