Deputada Flordelis é denunciada como mandante da morte do marido

Os mandados foram cumpridos na casa onde mora a deputada, em São Gonçalo, Rio de Janeiro e Brasília

putaria gospel

Na manhã desta segunda-feira (24), a Polícia Civil cumpriu 11 mandados de prisão e outros de busca e apreensão contra  Flordelis (PSD-RJ) e familiares da deputada.

A parlamentar foi denunciada pelo MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) e a Polícia Civil como a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, morto em 2019. Os mandados foram expedidos pelo Juízo da 3ª Vara Criminal de Niterói.

A deputada vai responder por homicídio triplamente qualificado (por motivo torpe, meio cruel e impossibilidade de defesa da vítima), associação criminosa, falsidade ideológica e uso de documento falso. Pelo envenenamento, ela responderá por tentativa de homicídio

O inquérito concluiu que Anderson foi morto por questões financeiras e poder na família — o pastor controlava todo o dinheiro da igreja de Flordelis.

(…)

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + sete =