Empresário se mata em frente ao ministro de Minas e Energia – Imagens fortes

Nesta quinta-feira (4), o empresário Sadi Gitz, dono de fábrica no setor de cerâmica, atirou contra a própria cabeça durante evento em Sergipe. Estavam presentes o governador do estado, Belivaldo Chagas, e o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque..

fotos
O empresário Sadi Giltz.

De acordo com testemunhas, o empresário se levantou durante a cerimônia e, após tentar falar algo, puxou a arma e atirou contra si.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, fontes locais afirmam que a empresa de Sadi Giltz, a Cerâmica Escurial, estava em recuperação judicial e sofria com a alta de preços no gás.

Ainda segundo o jornal O Estado de São Paulo, Giltz chamou o governador de Sergipe de mentiroso antes de se matar. Ele também teria afirmado que a Petrobras é culpada pelos preços de gás.

 

O evento, “Simpósio de oportunidades para o novo cenário do gás natural em Sergipe”, foi cancelado em seguida. O momento do suicídio foi transmitido ao vivo pela página do governador no Instagram.

Giltz tinha 70 anos e nasceu em Porto Alegre. O empresário se mudou para Sergipe nos anos 1980 e fundou a Cerâmica Escurial em 1993.

Fonte: Sputnik

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + 6 =