Gigantes da tecnologia devem perder bilhões devido ao Covid-19

Gigantes de tecnologia como Google, Facebook entre outros devem perder bilhões de dólares em publicidade neste ano, graças a crise econômica causada pela pandemia de coronavírus, dizem analistas.

Não se espera que as perdas prejudiquem irremediavelmente essas empresas, mas prejudicam o crescimento sem precedentes que várias delas experimentaram nos últimos anos.

Todas as empresas baseadas em publicidade correm riscos com o coronavírus, mas aquelas que dependem do dinheiro em publicidade de autoatendimento de pequenas empresas, que estão praticamente fechadas por enquanto, serão particularmente afetadas no curto prazo.

Analistas da Cowen & Co., empresa de administração de investimentos e bancos, estimam que o Google e o Facebook perderão mais de US $ 40 bilhões em receita publicitária este ano devido ao coronavírus. Eles preveem as seguintes perdas:

  • Facebook: aproximadamente US $ 15,7 bilhões, 18,8% abaixo da estimativa original.
  • Google: aproximadamente US $ 28,6 bilhões, 18,3% abaixo da estimativa.
  • Twitter: aproximadamente US $ 701 milhões, 17,9 % abaixo da estimativa.
  • Snapchat: aproximadamente US $ 977 milhões, 31,8% abaixo da estimativa.

A receita global de publicidade tende a crescer aproximadamente na mesma taxa que o PIB; portanto, qualquer desaceleração econômica global provavelmente deprimirá o mercado de publicidade.

Espera-se que os grandes gigantes da tecnologia assumam o peso dessa perda, pois são as maiores entidades da economia global de anúncios.

As empresas têm mantido informações com investidores sobre as perdas esperadas:

  • O Facebook disse que houve um enfraquecimento nos negócios de anúncios em países que adotam ações agressivas para reduzir a disseminação do COVID-19.
  • O Twitter informou na que retirou suas diretrizes de receita para o trimestre “devido ao crescente impacto do COVID-19 no ambiente operacional e econômico global e seu efeito na demanda dos anunciantes”.

Analistas não acham que empresas como Google e Facebook sairão desta crise muito enfraquecidas, mesmo com severas perdas de publicidade, porque seus balanços são bastante saudáveis.

Devido ao impacto do coronavírus na economia, os analistas esperam que a receita total de anúncios caia cerca de 4,4% em 2020, excluindo eventos cíclicos como a eleição.

A publicidade na mídia tradicional, como a TV e a mídia impressa, em um ano inteiro cairá cerca de 15% se for excluir eventos cíclicos. Mas a publicidade em mídia digital crescerá um pouco, cerca de 3,5%.

Espera-se que o crescimento no mercado de anúncios, particularmente no mercado de anúncios digitais, dominado por empresas como Facebook, Google, Twitter e Snapchat, volte em 2021.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − 2 =