Governo da Guatemala decreta estado de calamidade devido à Covid -19

A restrição de mobilidade será para todo o país das 22h00 às 04h00, hora local.

Guatemala
A Guatemala registra 407.564 pessoas infectadas desde o início da pandemia, com cerca de 53 mil casos ativos e 11.006 mortes. | Foto: Twitter @Unionradionet

O presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, anunciou o estabelecimento de novas restrições, incluindo a suspensão das viagens noturnas e o cancelamento de reuniões públicas e participação em eventos para conter a repercussão nos casos de coronavírus.

A restrição de mobilidade será para todo o país das 22h00 às 04h00 e por isso o Executivo decretou estado de calamidade por 30 dias.

Agora a medida deve ser enviada ao Congresso da República para sua aprovação, modificação ou reprovação, em três turnos ou emergência nacional se tiver 107 votos.

Em rede nacional, Giammattei indicou nesta sexta-feira (13/08) que a variante Delta está em mais de 100 países e se espalha facilmente e é altamente contagiosa, razão pela qual os governos impuseram restrições.

Em seu discurso, ele afirmou ter visto casos graves em jovens, e os casos em crianças de 0 a 17 anos dobraram em julho.

Giammattei informou que shows públicos, eventos e encontros sociais e recreativos foram suspensos; exceto nas manifestações, desde que notificadas ao Governo e respeitadas as medidas de biossegurança e a liberdade de circulação.

A Constituição estabelece que o Exército deve fornecer cooperação durante o Estado de Calamidade, intervir ou expropriar propriedade e limitar direitos como a liberdade de movimento.

Além disso, a Lei de Ordem Pública contempla a possibilidade de centralizar os serviços públicos, evitando concentrações, estabelecendo preços máximos ou mínimos para as necessidades básicas, ordenando evacuações, entre outros.

A Guatemala registra 407.564 pessoas infectadas desde o início da pandemia, com cerca de 53 mil casos ativos e 11.006 mortes.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!