Ignorado pela imprensa russa, Bolsonaro é obrigado a ficar preso no hotel de quarentena

O presidente Jair Bolsonaro (PL) desembarcou na manhã desta terça-feira na Rússia, onde se encontrará com o presidente do país, Vladimir Putin. A reunião ocorre na quarta-feira.

bozo
Bolsonaro é confinado em hotel por não tomar vacina

Nenhum grande portal de notícias da Rússia (TASS, Pravda, RIA Novosti) perdeu tempo em dedicar uma só linha da visita do presidente Jair Bolsonaro à Rússia. Bolsonaro ignorado solenemente ao ser “atropelado” por notícias principalmente sobre a vizinha Ucrânia, fica de castigo no hotel cumprindo a quarentena, exigida pelo governo russo.

O Kremlin tem rígidas regras sanitárias e exigiu que Bolsonaro permaneça confinado aos seus aposentos, em Moscou, até o encontro com Putin. O mandatário negacionista precisou ainda fazer um teste de covid-19 no avião e mais um será realizado em solo.

A diplomacia brasileira ainda tentou, nesta manhã, reverter a exigência de quarentena, mas não obteve sucesso. Outro problema que causa “dor de cabeça” no Itamaraty são as medidas impostas pelo governo russo para a hora do encontro com Putin. Bolsonaro terá de comparecer sozinho, somente com a presença de um intérprete.

Nem mesmo o chanceler, Carlos França, poderá participar do encontro. O temor é de que, sem ajuda, Bolsonaro possa cometer gafes e deslizes e fechar acordos que poderiam colocar o Brasil em situações complicadas.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!