Japão – até 2050 fabricará apenas veículos elétricos

fotos

No dia 24 de julho 2018 o ministro da economia, comércio e indústria Hiroshige Seko, falou em uma reunião destinada a melhorar a competitividade da indústria automobilística no Japão.

O governo estabeleceu uma meta ambiciosa de tornar todos os veículos japoneses vendidos em todo o mundo, ao menos em parte, movidos a eletricidade até 2050, para manter as fabricantes domésticas competitivas em uma indústria que rapidamente se transforma em elétrica.

O objetivo, apresentado em um painel do Ministério da Indústria em 24 de julho, significa que os veículos japoneses serão todos “veículos eletrificados”, que incluem veículos elétricos, veículos movidos a células de combustível, híbridos gás-elétricos e híbridos.

Nenhum novo veículo japonês será executado apenas com gasolina no ano de 2050. “É uma meta que só pode ser estabelecida pelo Japão, um país que se orgulha da indústria automobilística mundial de alto nível”, disse Hiroshige Seko, ministro da economia, comércio e indústria, à reunião do painel. “Vai enviar uma mensagem que terá um grande impacto no mercado global”.

O objetivo do governo foi incluído em um plano intermediário apresentado pelo ministério da indústria na reunião, que reuniu representantes do governo e da indústria para melhorar a competitividade da indústria automobilística.

Os participantes chegaram a um consenso de que os setores público e privado precisam estabelecer uma meta de longo prazo para manter o desempenho ambiental dos veículos japoneses em um dos níveis mais altos do mundo.

À luz do Acordo de Paris, um tratado internacional sobre mudança climática, o plano afirmou que o Japão reduzirá dióxido de carbono e outros gases causadores do efeito estufa em cerca de 80% por veículo até 2050. O número significa uma redução de 90% para carros de passageiros.

Para atingir esse objetivo, o painel decidiu mudar todos os veículos japoneses vendidos no mundo para serem veículos eletrificados até 2050.

A medida reflete o receio do Japão de ficar atrás de outros países, à medida que os principais mercados de automóveis, dos Estados Unidos e da China à Grã-Bretanha e à França, passam da gasolina para os veículos elétricos.

Sob a nova estratégia, o governo planeja oferecer subsídios para acelerar o desenvolvimento do setor privado de baterias e motores para veículos movidos a eletricidade. Também ajudará os fabricantes de automóveis a garantir o suprimento estável de metais raros, os materiais essenciais das baterias.

A postura dos fabricantes japoneses varia em relação aos veículos elétricos:

  • A Toyota Motor Corp., que assumiu a liderança em híbridos gás-elétricos, permanece cética sobre a rápida disseminação de veículos elétricos.
  • A Nissan Motor Co. congratula-se com a mudança acelerada em direção aos veículos elétricos porque a empresa lançou os veículos elétricos em 2010.
  • A Mazda Motor Corp. e a Subaru Corp., que há muito tempo se concentram em melhorar as tecnologias dos motores a gasolina, serão forçadas a rever suas estratégias.

Do Asahi Shimbum

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + três =