López Obrador pede desmantelamento da Estátua da Liberdade se Assange for condenado nos EUA

O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, disse que tentará remover a Estátua da Liberdade de Nova York se o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, for extraditado e condenado nos Estados Unidos.

López Obrador
Reprodução

“Se ele for levado para os Estados Unidos e condenado à pena máxima e morte na prisão, devemos iniciar uma campanha para desmantelar a Estátua da Liberdade doada pelos franceses, que fica em Nova York, porque não é mais um símbolo de liberdade”, disse o político durante as coletivas de imprensa no Palácio Nacional.

O político não descartou que voltaria a levantar essa questão nas negociações com o líder norte-americano Joe Biden, lembrando que já havia pedido clemência ao presidente Donald Trump.

Anteriormente, o Wikileaks informou que o secretário do Interior britânico, Priti Patel, aprovou a extradição de Assange para os Estados Unidos, onde ele enfrenta 175 anos de prisão. A organização chamou a decisão de “dia sombrio” para a questão da liberdade de expressão.

A decisão de extraditar foi contestada. Nos Estados Unidos, o australiano de 50 anos é acusado de crimes relacionados ao maior caso de divulgação de informações confidenciais da história americana. Por essas acusações, ele pode ser condenado a 175 anos de prisão.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!