Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
O PROTAGONISTA POLÍTICO

Marinha venezuelana expulsou o barco da guarda costeira dos EUA de suas águas territoriais

A Marinha venezuelana, que faz parte das forças armadas nacionais bolivarianas, informou que expulsou de suas águas territoriais o o barco de patrulha norte-americano USCG James que se aproximava do porto de La Guaira, no norte do estado de Vargas.

“No rádio, foi pedido para a tripulação do USCG James mudar o curso e deixar as águas de nossa jurisdição, a instrução foi executada”, disse a Marinha em um comunicado.

Em 6 de maio, militares venezuelanos descobriram um navio americano quando passou pela zona econômica exclusiva de um país latino-americano. No dia seguinte, a USCG James, desviando-se do curso original, aproximou-se 14 milhas até o porto de La Guaira. Um barco de patrulha da Marinha venezuelana foi enviado ao navio para forçá-lo a mudar seu curso, disse o comunicado.

USCG James é um navio da Guarda Costeira dos EUA, uma das sete agências policiais dos EUA, que supostamente opera no Caribe. O navio está equipado com sistema de guerra eletrônica, canhões e armas brancas.

O incidente ocorreu alguns dias depois de uma tentativa frustrada de um golpe na Venezuela. O opositor Juan Guaydo, um marionete dos Estados Unidos, admitiu o fracasso. Washington analisa todas as opções disponíveis para derrubar o governo de Nicolás Maduro, incluindo uma invasão militar e um bloqueio naval.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow

Get the latest posts delivered to your mailbox: