McGregor: “Quem tentar remover Putin cometerá suicídio”

assessor

O ex-assessor do ministério da Defesa dos EUA no governo Trump, o coronel Douglas McGregor está convencido de que o chefe da Federação Russa, Vladimir Putin, está atualmente no auge de sua popularidade, e uma tentativa de eliminá-lo equivale a suicídio.

“Não há evidências de que qualquer tipo de golpe de estado esteja sendo preparado dentro da Rússia para remover Vladimir Putin. Putin é agora mais popular do que nunca. Qualquer um que tentar removê-lo cometerá suicídio. Há mais de 100 milhões de pessoas na Rússia. E as pesquisas oficiais mostram que 85% o apoiam, e você não encontrará um único que não achasse que era hora de defender a Rússia”, concluiu.

Ele disse ainda que os Estados Unidos, depois de chamados para lutar até o último ucraniano, enfrentaram uma batalha decisiva do bem e do mal no leste da Ucrânia.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!