Mortes por coronavírus aumentaram em quase um terço em todo o mundo na semana passada

No entanto, a mortalidade geral da nova infecção por coronavírus está diminuindo e atualmente é de aproximadamente 2,15%

O número de mortes relacionadas ao coronavírus, registradas em todo o mundo nos últimos sete dias, cresceu 30% em relação ao período de sete dias anterior, atingindo cerca de 70.000, de acordo com cálculos do TASS.

O número de casos confirmados em todo o mundo é de 3,7 milhões, em comparação com 3,5 milhões na semana anterior.

Dos Estados Unidos ao Irã

O ritmo da infecção se intensificou em várias partes do planeta. Nos Estados Unidos, o número de casos confirmados registrados diariamente mais do que triplicou no período relatado, ultrapassando 60.000 diários. Pode ser o início da quarta onda de coronavírus no país.

A Indonésia e a Malásia atingiram o pico do surto, com cerca de 45.000 e 12.000 novos casos registrados diariamente. Ao mesmo tempo, a situação está piorando em outras partes da Ásia: o Irã agora está relatando cerca de 25.000 casos confirmados diariamente (o maior recorde do país desde o início da pandemia) e a Turquia – quase 10.000 (duas vezes mais do que durante a semana anterior).

Na Rússia, o número diário de casos confirmados gira em torno de 20.000 há quase um mês. A taxa de incidência no país começou a diminuir lentamente na semana passada.

Nova onda na Europa

Uma nova onda da pandemia atingiu a Europa, principalmente as regiões ocidentais. O número diário de casos confirmados quase dobrou na Itália, para 5.500 casos por dia, e as autoridades começaram a impor novas restrições. A partir do início de agosto, os cidadãos poderão visitar cafés, ginásios, museus e eventos públicos apenas se obtiverem um ‘passaporte COVID’, emitido para pessoas vacinadas, convalescentes e pessoas com testes de PCR negativos.

Medidas semelhantes já foram introduzidas na França, onde o número diário de casos confirmados triplicou desde a semana anterior. Na quinta-feira, mais de 21 mil casos de COVID-19 foram registrados no país, a maior contagem em um único dia desde o início de maio.

O Reino Unido registrou o maior número de casos de coronavírus na Europa: na semana passada, a contagem diária de casos no país ultrapassou 50.000 duas vezes. Ao todo, cerca de 320.000 pessoas contraíram a infecção no Reino Unido na semana passada.

O ritmo da infecção também está crescendo em outros países europeus: por exemplo, os casos na Alemanha aumentaram 45% na semana passada em comparação com a semana anterior, e na Espanha – em 20%.

A mortalidade cresce

A nova mortalidade por coronavírus está aumentando principalmente na Ásia, sendo a Indonésia o país mais atingido, registrando cerca de 1.300 mortes por dia. O Irã e a Malásia relatam cerca de 200 mortes relacionadas ao coronavírus diariamente.

A mortalidade está diminuindo na maioria dos países latino-americanos, que passaram pela segunda onda da pandemia na primavera e no início do verão. Por exemplo, o Brasil está registrando cerca de 1.100 casos por dia, o menor número desde fevereiro.

Apesar do aumento acentuado dos casos, a mortalidade continua baixa nos países europeus. No entanto, a Rússia é uma exceção a essa tendência, registrando cerca de 700 mortes todos os dias.

No entanto, a mortalidade geral da nova infecção por coronavírus está diminuindo e atualmente é de aproximadamente 2,15%.

Fonte: TASS

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!