Na reunião ministerial, Damares pediu a prisão de prefeitos e governadores e Weintraub ataca o STF

Damares, a ministra da “Goiabeira”. Foto: Reprodução

Na reunião ministerial de 22/05, que complica ainda mais a situação de Jair Bolsonaro, Damares e Weintraub, verdadeiras nulidades como ministros, utilizaram o espaço para atacarem seus adversários.

A ministra da “mulher, família e direitos humanos”, Damares Alves, defendeu a prisão de prefeitos e governadores, de acordo com informação do jornal O Globo.

No mesmo tom de ameaças, o ministro da “educação”, Abraham Weintraub, pregou a prisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com os relatos de quatro pessoas que assistiram à gravação, Weintraub afirmou que “tem que mandar todo mundo para a cadeia, começando pelo STF”.

A reação do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), não demorou, ele usou o Twitter para se manifestar:

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 − um =