Nicolás Maduro agradece à Rússia pelo fornecimento da vacina contra o coronavírus

Cerca de 2.000 venezuelanos participarão de ensaios clínicos da vacina, segundo as autoridades

vacina russa

O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, agradeceu ao presidente Vladimir Putin e aos cidadãos russos pela entrega do primeiro lote da vacina contra o coronavírus Sputnik V à república.

“O Sputnik V chegou! Somos o primeiro país do Hemisfério Ocidental a iniciar a fase 3 dos testes clínicos desta vacina contra a Covid-19. Em nome do povo venezuelano, agradeço ao presidente Vladimir Putin e ao povo russo por seus solidariedade “, escreveu ele no Twitter na sexta-feira.

Na sexta-feira de manhã, o primeiro lote da vacina contra o coronavírus Sputnik V chegou à Venezuela. Cerca de 2.000 venezuelanos participarão de testes clínicos da vacina, segundo as autoridades. A vice-presidente do país, Delcy Rodriguez, lembrou que a Venezuela também planeja lançar a produção da vacina em seu território.

Em 11 de agosto, a Rússia se tornou o primeiro país a registrar uma vacina contra o coronavírus, que foi chamada de Sputnik V. O ministro da Saúde da Rússia, Mikhail Murashko, disse que a vacina criada pelo Centro Federal de Pesquisa NF Gamaleya para Epidemiologia e Microbiologia mostrou sua eficácia e segurança nos resultados de ensaios clínicos. Ele foi criado em uma plataforma que havia sido usada para o desenvolvimento de várias outras vacinas. Em 15 de agosto, o Ministério da Saúde da Rússia anunciou o lançamento da produção da vacina.

Em agosto, o chefe do Fundo Russo de Investimento Direto, Kirill Dmitriev, disse que a Rússia havia recebido um pedido de produção e fornecimento de 1 bilhão de doses da vacina Sputnik V de 20 países.

Fonte: Agência TASS

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 2 =