Nise Yamaguchi diz que militares nazistas controlaram “massa de rebanho de judeus” com humilhação

judeus

Do DCM – Neste sábado (11), Nise Yamaguchi disse que foi afastada do Hospital Albert Einstein por defender a cloroquina, na típica narrativa bolsonarista da perseguição.

Mentira.

A imunologista disse, em entrevista à TV Brasil, que “alguns poucos militares nazistas conseguiriam controlar” uma “massa de rebanho de judeus famintos” submetendo-os diariamente a “humilhações”.

Ela fazia um paralelo estúpido e canalha com a pandemia no Brasil.

Ou seja, a culpa é das vítimas.

Em nota, o hospital escreveu:

Com relação a declarações prestadas pela Dra. Nise Yamagushi, o Hospital Israelita Albert Einstein tem a esclarecer o seguinte:

1. O hospital respeita a autonomia inerente ao exercício profissional de todos os médicos, jamais permitindo restrições ou imposições que possam impedir a sua liberdade ou possam prejudicar a eficiência e a correção de seu trabalho.

2. A Dra. Nise Yamagushi faz parte do corpo clínico do Hospital, sendo admissível que perfilhe entendimento próprio com relação ao atendimento de seus pacientes ou à sua postura em face da pandemia ora combatida, desde que observe as regras relacionadas ao uso da sua condição de integrante do Corpo Clínico em sua comunicação.

3. Trata-se, contudo, de hospital israelita e a Dra. Nise Yamagushi, em entrevista recente, estabeleceu analogia infeliz e infundada entre o pânico provocado pela pandemia e a postura de vítimas do holocausto ao declarar que “você acha que alguns poucos militares nazistas conseguiriam controlar aquela MASSA DE REBANHO de judeus famintos se não os submetessem diariamente a humilhações, humilhações, humilhações…”.

4. Como se trata de manifestação insólita, o hospital houve por bem averiguar se houve mero despropósito destituído de intuito ofensivo ou manifestação de desapreço motivada por algum conflito. Durante essa averiguação, que deve ser breve, o hospital não esperava que o fato viesse a público.

A expectativa do hospital é a de que o incidente tenha a melhor e mais célere resolução, de modo a arredar dúvidas e remover desconfortos.

A partir do minuto 23 no vídeo abaixo.

Related Posts
O casamento entre o narcotráfico e o sionismo evangélico no Brasil
fotos

Ignorar as religiões como se fossem atividades puramente privadas e sem repercussões graves na esfera pública impede o Estado de [...]

Elon Musk: Governo apreende 50 antenas Starlink em garimpos ilegais na terra Yanomami
fotos

Diretor do combate à invasão garimpeira defende que Starlink compartilhe dados para facilitar identificação de garimpos

Autor do PL do Estupro se envolveu em acidente que matou idosa. Não houve investigação
fotos

Autor do Projeto de Lei 1.904 de 2024, conhecido como “PL do Estupro”, que equipara o aborto após 22 semanas a homicídio, [...]

“Boiada do eucalipto”: ambientalistas apontam lobby em lei que facilitou silvicultura
fotos

Durante o feriado de Corpus Christi, o governo federal sancionou a Lei 14.876, que tirou o manejo e plantio de [...]

A enchente no Sul desencadeou surto de propaganda anarquista na direita brasileira
fotos

No Brasil criaram-se duas fantasias: a de que as Forças Armadas são praticamente comunistas, porque são positivistas, e que tanto [...]

Chuvas no Maranhão: governo nega, mas ainda há famílias desabrigadas
fotos

Os sinais de que a forte chuva se aproximava apareceram por volta de 1 hora da manhã do dia 22 [...]

Compartilhar:

Deixe um comentário

error: Content is protected !!