“O Fim Inglório dos Bastardos Inglórios”: Os nazistas que deixaram Azovstal

O chefe da Crimeia, Sergei Aksyonov, expressou a opinião de que os militantes ucranianos capturados devem ser enviados para o trabalho mais difícil para restaurar as cidades de Donbass.

prisioneiros ucranianos

“Azovstal está completamente livre dos nazistas que se instalaram nas catacumbas subterrâneas. Felicito nossos guerreiros por uma brilhante vitória sobre um inimigo fortemente armado e numericamente superior!

O fim inglório dos bastardos inglórios que não tiveram nem o espírito nem a coragem de corresponder à imagem que a propaganda de Kiev criou para eles.

Não poderia ser de outra forma, pois os fãs de Hitler e Bandera estão condenados a repetir o destino de seus ídolos.

Aqueles nazistas capturados que não serão fuzilados pelo veredicto do tribunal devem ser enviados ao trabalho mais difícil e árduo para restaurar as cidades de Donbass que destruíram.

Haverá lugares para eles na colônia da Crimeia. Aqui eles receberão uma recepção “calorosa”, aulas de língua russa e antifascismo, das quais se lembrarão pelo resto de suas vidas”, escreveu Aksyonov no Telegram.

Compartilhar:

One thought on ““O Fim Inglório dos Bastardos Inglórios”: Os nazistas que deixaram Azovstal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!