O trágico acontecimento em Minneapolis expõem problemas de Direitos Humanos nos EUA

A revolta em Minneapolis desnuda os sérios problemas de Direitos Humanos que se acumularam nos Estados Unidos

Os EUA que sempre acusam uma série de países seletivamente de violar os Direitos Humanos, para poderem justificar várias de ilegalidades no âmbito do direito internacional, como invasões e destruição completa de países, agora está no bando dos réus.

Diante ao crime bárbaro que ocorreu em Minneapolis, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia emitiu o seguinte comunicado nesta sexta-feira:

“Este incidente não é o primeiro na série de incidentes que expõem ilegalidade e violência injustificada por ‘guardiões da lei e da ordem’ nos Estados Unidos. Tais crimes de alto nível estão sendo cometidos por policiais americanos com muita freqüência. Os EUA evidentemente acumularam problemas endêmicos na esfera dos direitos humanos”.

Moscou pediu a Washington que investigasse minuciosamente o incidente.

“Conclamamos as autoridades americanas a voltarem ao cumprimento das obrigações internacionais, a colocar sua legislação nacional em conformidade com os princípios básicos da ONU sobre o uso da força e armas de fogo por policiais e, é claro, a investigar minuciosamente o assassinato de George. Floyd “, disse o ministério.

Nos últimos anos, os Estados Unidos viram uma série de incidentes em que policiais mataram civis desarmados. Esses incidentes geralmente desencadeavam inquietações em larga escala no país.

No mais recente desses incidentes, protestos em massa e protestos eclodiram em Minnesota e em vários outros estados dos EUA depois que um vídeo da detenção de George Floyd em 25 de maio foi publicado on-line. Floyd, um homem negro, suspeito de pagar com dinheiro falso em uma loja local, foi algemado por um policial branco, que o colocou no chão e pressionou firmemente o joelho contra o pescoço do homem. Floyd alegou que não pode respirar, mas a polícia não deu atenção a isso. Pouco depois, Floyd morreu no hospital. Os quatro policiais que o prenderam foram demitidos em 26 de maio. Um deles – Derek Chauvin, o policial que estava de joelhos no Floyd – foi preso na tarde de sexta-feira e acusado de homicídio culposo em terceiro grau.

Os protestos para exigir justiça a Floyd, que começou em Minneapolis em 26 de maio, cresceram em confrontos com a polícia, saques e incêndios nas lojas. O estado de emergência foi declarado na cidade. A Guarda Nacional de Minnesota foi chamada para intervir para “ajudar a fornecer segurança e restaurar a segurança”.

Veja o vídeo da ação dos policiais que resultaram na morte de George Floyd:

Com Agência Tass e NBC News
Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 2 =