“Prévia” do PIB recua pela 4ª vez seguida: -0,47% em abril

fotos
Ministro da Economia, Paulo Guedes. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O nível de atividade da economia brasileira voltou a cair em abril, desta vez, -0,47% na comparação com março, segundo o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado uma “prévia” do PIB – Produto Interno Bruto. É a quarta queda seguida na comparação com o mês anterior.

Em março, o índice já havia recuado sobre fevereiro -0,30%, em fevereiro caiu -1,04% e em janeiro -0,22% (todos os meses foram revisados para baixo pelo Banco Central), demonstrando que nos primeiros meses de governo de Jair Bolsonaro e Paulo Guedes o país está se afundando ainda mais.

O PIB, que é a soma de todos os bens e serviços produzidos pelo país e cuja taxa funciona como índice de crescimento da economia, é calculado oficialmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O PIB do primeiro trimestre deste ano caiu -0,2%, na comparação com o último trimestre do ano passado.

De lá para cá, os índices econômicos que medem o desempenho da economia continuaram em marcha à ré: dados detalhados dos setores da economia mostram que o ano vai de mal a pior para a indústria, que apenas nos quatro meses acumula perdas de -2,7%. O comércio teve em abril o seu pior desempenho desde 2015, com queda de -0,6% de um mês para o outro. Já o setor de serviços, responsável por cerca de 70% da composição do PIB teve o volume de prestação em abril -1,4% abaixo do volume de dezembro do ano passado. Como consequência da desastrosa política econômica do governo Bolsonaro, o desemprego e o subemprego em abril atingiram o absurdo de 28,4 milhões de pessoas.

Diante dos resultados, que estão levando o país à recessão, não há mais nem sequer um representante do “mercado” que espere para o ano a prometida “recuperação econômica”.

As previsões de crescimento que no início do ano estavam em 2,5% para 2019, agora não passam de 1%, de acordo com o boletim Focus, elaborado semanalmente pelo Banco Central (BC) com as apostas do mercado financeiro para a economia.

Do HP

Related Posts
Os BRICS lançarão um novo mundo em 2024?
Os BRICS lançarão um novo mundo em 2024?

Os BRICS duplicaram o seu número de membros no início de 2024 e enfrentam enormes tarefas pela frente: integrar os [...]

A Internacionalização do Choque Neoliberal
fotos

Olhar para os dias de hoje, sob a luz da formulação revelada pela obra "A Doutrina do Choque", de Astrid [...]

Protestos de agricultores na Europa podem afetar os preços dos alimentos – FMI
fotos

Se os agricultores continuarem a protestar em diferentes cidades da Europa, isto poderá afectar significativamente os preços dos alimentos

O que o PIB esconde
fotos

EXISTEM problemas bem conhecidos associados ao conceito de produto interno bruto, bem como à sua medição. A inclusão do setor dos [...]

Davos é um fóssil vivo de um império em guerra consigo mesmo e com o mundo
fotos

O Fórum Econômico Mundial dá-nos o privilégio excepcional de um estudo que só os fósseis vivos podem proporcionar. Representante de uma [...]

Milei em Davos: um divórcio controverso da realidade
fotos

Não admira que Elon Musk goste e a direita neofascista esteja eufórica. Afinal, Milei atacou todos os seus inimigos ilusórios, contraditórios [...]

Compartilhar:

Deixe um comentário

error: Content is protected !!