Rússia caminha para ter uma internet soberana

O objetivo é obter independência cibernética para impedir que os Estados Unidos bloqueie, a qualquer momento, o acesso à rede.

A Duma russa aprovou um projeto de lei para alcançar a independência cibernética. | Foto: duma.gov.ru

A Rússia está a caminho de ter uma Internet soberana depois que a Duma aprovou na última terça-feira o projeto de lei sobre a estabilidade da operação do segmento russo da chamada “rede das redes” .

A norma legislativa será agora discutida pelo Conselho da Federação (Senado) para posterior aprovação pelo presidente Vladimir Putin , com a intenção de que a lei esteja em vigor em novembro próximo.

O objetivo da legislação é garantir a operação segura da Internet no país se uma ameaça surgir do exterior, segundo os autores da iniciativa, os senadores Andréi Klishás, Liudmila Bókova e o deputado Andréi Lugovoi.

Haverá um centro de monitoramento e controle sobre redes de comunicação comumente usadas, cuja missão será garantir a disponibilidade de serviços de comunicação em qualquer situação extraordinária e coordenar o trabalho dos prestadores de serviços.

A presidente do Senado russo, Valentina Marvienko, declarou que com essa nova norma o país não pretende se isolar do mundo. Só quer se defender contra novas ameaças no mundo cibernético.

Segundo os legisladores, a Rússia deve construir sua própria infra-estrutura de servidores-raiz, porque Washington, a qualquer momento, pode bloquear o acesso de outras nações à rede das redes.

A estabilidade da operação da Internet nesta nação será criada com a construção de servidores raiz.

O deputado Andrei Svintsov, disse ao Sputnik que “a lei (…) não envolve apenas a criação da infra-estrutura da Internet na Federação Russa, mas também a produção de hardware, vamos investir no desenvolvimento de nosso próprio hardware” a fim de construir a infra-estrutura necessária para uma Internet soberana “.

Do Telesur

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − oito =